quinta-feira, 30 de junho de 2011

♥→ Ardendo por dentro...





Ando em êxtase

Paixão transbordando nos olhos

Inebriante

Minha pele clama a tua

Pronuncie meu nome... Baixinho

De leve ao pé do ouvido

Arrepios

Corpo em chamas

Coração implora

Segredos...

Tua retina na minha

Malina

Atiça

Perturba

Memórias em vontades

Fogo consome

Me entrego

Em desejos

Embriagada

Coração pulsando 

Por ti...

Entorpeço

Com a tua poesia toda em mim.





Thatiana Vaz

quarta-feira, 29 de junho de 2011

♥→ Segredo



O que acontece a baixo da minha superfície só você sabe

Porque és o motivo dos meus versos

E a ti confesso 


Que sem teu amor não sei mais sorrir




Thatiana Vaz

terça-feira, 28 de junho de 2011

♥→ Entre Risos e Suspiros






Ao teu lado ando entre risos e suspiros

Dou dois passos e um giro pra cair no teu abraço me jogo tão fundo e tão profundo sem perder minha direção

São teus olhos que me guiam na luz ou na escuridão, na falta ou na presença nunca me sinto só

Porque sempre te carrego no lugar mais aconchegado do meu mundo

Você reside na minha alma, antes tão minha, hoje tão nossa e foi lá que fez morada

Você pergunta se te amo tanto quanto falo, então lhe ofereço um sorriso e toco nas tuas mãos, não percebe que meus sorrisos possuem teu nome assim como a minha inspiração?

Tuas palavras a mim direcionadas são afagos de ternura que me fazem desejar loucuras típicas de quem anda em estado constante de paixão

Vem, e traga de lá tuas inseguranças, jogue-as sobre a mesa, depois toque a minha pele, sinta minha respiração, olhe nos meus olhos, porque lá você se enxergará.

Perceberá que elas se desfazem como mágica diante da presença de um amor tão lindo e grande quanto o que sinto por você, esses detalhes se tornam tão ínfimos,

Eis aí algo incontestável.

Você me pergunta se te amo de fato, que palavras são mais fáceis que atos, então te respondo amor meu:

- Cada momento ao teu lado é elevado ao sagrado, miudezas consagradas, verdades impronunciáveis, verdades sentidas, coisas tão minhas, sensações tão nossas... 


Eu e você, você e eu...

Agora feche teus olhos e sinta a resposta do meu coração para o teu... 


Te amo como nunca fui capaz de amar ninguém!






Thatiana Vaz

segunda-feira, 27 de junho de 2011

♥→Sobre Amor e Medo



Quando o amor rima com medo se cria preconceitos,

Miudezas preciosas se perdem e talvez não as encontremos nunca mais

Sinal que podemos estar amando errado...





Thatiana Vaz

domingo, 26 de junho de 2011

♥→ Nosso Silêncio





Nas sutilezas dos nossos instantes estão as razões mais belas de dias felizes

Eis o nosso amor , guardado nos segredos que nossos olhares trazem, nas simplicidades...

Cada momento ao teu lado se faz eterno somente por teu sorriso existir nele

Não há mal nesse mundo que afugente meu coração do lado do teu

Conheço o caminho, reconheço o som dos teus passos e o timbre da tua voz

Optei por te amar de forma incondicional e sublime

A poesia mais bela ainda será escrita, sem geometria, regras corretas.

Sem engessamento de alma

E não por palavras, mas por nossos silêncios

Porque não existe palavra pronunciada tão forte quanto o que dizemos e compomos em nossos momentos de comunhão,

De silêncios comungados e perpetuados por esta paixão.




Thatiana Vaz

sábado, 25 de junho de 2011

♥→ Reencontro




E lá veio ele,

O momento por mim tão esperado enfim chegou,

Passos lentos e decididos

O avistei de longe pelo meu coração aflito.

Em uma das mãos trazia flores e na outra punhado de saudades

Em teu coração misto de alegria e dores,

Nos teus olhos haviam uma miscelânea de sentires, alguns dissabores

E lá veio ele,

Passos firmes e fortes

Andando entre meu sul, teu norte

Veio de verde, tua cor da sorte

Na boca muitas histórias

Na cabeça inúmeras memórias que lhe faziam pensar

Em teu peito um turbilhão de tormentos de quem tava decidido a se superar

Não fugiu da dor em nenhum momento, homem com fé de guerreiro e olhar de menino.

Me prometeu mais alegria e menos lágrimas, mais suspiros e menos calma

Abracei com doçura, teu corpo, na minha alma aconcheguei

Agora era minha vez de lhe cuidar...




Thatiana Vaz

sexta-feira, 24 de junho de 2011

♥→ Coisinha chamada Saudade



Você pode não estar aqui, mas te sinto assim, dentro de mim, teus olhos me seguem e isso me conforta

Presença física não é nada pra quem ama, proezas do coração: essa geografia só o coração transcende

Te trago pra perto mesmo estando longe... Sinto teu coração pulsando na minha garganta

Meu mundo no teu abraço, teu abraço na minha alma, tua alma na minha vontade...

Só quem ama tanto sente e sente como gente e chora feito criança

As minhas palavras só são consagradas se nelas estiverem lágrimas e nessas tem

Saudade é dor que fica e que finca bem lá no fundo do coração

Pra ser vivo sinta saudade, pra ser humano chore por saudade 


Eu derramo minhas palavras em lágrimas por você...



Thatiana Vaz

quinta-feira, 23 de junho de 2011

♥→ Recado





As tuas palavras, a mim enviadas _ as que tanto esperei _ suas delicadezas, envoltos a sutilezas que só os privilegiados possuem, significaram tanto pra mim, é um sonho renascido, um dia florido, que volta a me encantar.

Uma esperança de tempo bom, de tristezas transpostas, de evolução consagrada, de caminhos deflorados, tempo que aconchega , que devolve a esperança e vem junto a confiança com meu riso despertado.

 Letras que iluminam minha alma, que fazem carinhos no coração, miudezas tão nossas...

Meu amor se prolonga, cresce e engrandece, reafirma e enobrecem nesse meu coração que não cansa de teu nome pronunciar.





Thatiana Vaz





Por e Pra vc meu Beu!

Imagem: weheartit

♥→ Confesso



Nunca fui sozinha, sempre tive minhas neuras e minha poesia pra me acompanharem

Nunca fui mesquinha, escrevendo palavras divido o que sei, sinto e aconteço sem cessar

Nunca fui tímida, só não olhava nos olhos de quem podia me cegar

Nunca fui indiferente, somente resistente diante dos que não sabiam amar

Nunca fui carente, talvez um pouco indolente, mas pra quê confessar?


Sempre tive cabelos longos pra esconder meu rosto quando a brisa soprar

Sempre fui superlativa, super ativa, super a deriva nesse alto mar

Mas posso afirmar que nunca fui compreendida com toda minha ciclotímia de me apaixonar... 

Por coisas que somente EU consigo enxergar!



Thatiana Vaz

♥→ E tem dias...



Esperança de vida, tantas vezes contidas um dia aperta

Aperta bem fundo e me ergue do túmulo

Abre meus olhos, me traz a ternura perdida no caminho

Sossega minha alma acaricia meu coração

Brisa bate leve, bem leve roçando a minha pele, me fazendo adormecer

Mas tem dias que acordo vazia, como se me faltasse energia e algo chamado agonia me consume por dentro

Tem dias que acordo mais fria, espalho no chão trapos em roupas sem tanta paixão

Tem dias que meus lábios secam, minha boca amarga, minha alma te nega e eu deixo de fazer parte.

Mas se seus olhos na minha frente aparecem tudo volta a ter cor, o silêncio vira prece

Teu riso de pura magia me transportar pro aconchego de beijos...

Meus lábios umedecem, minha boca adoça, minha alma te chama e seus sorrisos me consomem por dentro, minha dor falece.

Enquanto meu coração AGRADECE.



Thatiana Vaz



Ouvindo: Bach Vivaldi - Baroque Violin D Minor

Imagem: weheartit

terça-feira, 21 de junho de 2011

♥→ Minha pessoa favorita


weheartit




Ele tem nos olhos uma ternura madura, me doma sem ao menos precisar falar me fazendo loucuras.

Tem nas mãos, um jeito todo seu de meu corpo tocar, me leva pra ver os céu e nas suas águas mergulhar.

Ele sempre me traz lindas promessas, confissões e aventuras, esperança, rimas e juras dos tempos bons que acontecerão.

Nos teus braços sempre tem um abraço aconchegado, calado ou gritado e eu fico ali ao lado, quietinha ouvindo o som da tua oração.

Ele tem seus vícios, avisos e mudanças de humor, o observo e amo cada face da sua lua, nos seus momentos de surtos propícios a sua dor

Carrega no peito uma vontade danada do mundo mudar, faz coisas muito loucas , mas é com ele que quero estar

Tem cheiro de homem forte e determinado que me inebria com sua tara, traz na boca sempre beijos que me saciam em meio aos seus desejos em euforia.

Possui uma inteligência excitante, divaga sobre diversos assuntos, de política a economia, dos sentimentos a nostalgia.

Por tudo isso meu amor, preciso lhe dizer, que eu e meu coração Dom Quixotesco errante desejamos você, que a melhor parte do que escrevo vem desse amor caminhante.

Que a melhor parte de mim é você.



O seu "eu te amo" me faz reviver.


Thatiana Vaz

♥→ Resoluções...






Acordei com tua imagem na minha mente e uma saudade sufocante tomou conta do peito, um anseio, uma vontade de te abraçar, de me aninhar em teus braços.



                Porque é no teu colo o melhor lugar do mundo. 


A saudade dói no peito e dói de um tal jeito que chega a sufocar...

Resolvi mais uma vez lhe escrever e pedir aos ventos que levem minhas palavras até você, que se encarreguem de acomodá-los em teu coração.

Resolvi lhe enviar beijos e torcer que os receba todos em tua boca.

Resolvi hoje lhe dizer que meu amor por você renasce todas as manhãs cada vez mais forte, mais herói e mais nobre. Que ele rompe qualquer barreira que possa nos aparecer.

Resolvi hoje lhe fazer juras de amor enquanto vejo e revejo suas fotos e lembro, em minúcias de cada minuto tão nosso e me dei conta que o meu universo tem você como SOL e meu corpo o teu espaço.

Tenho todos os teus sorrisos decorados na minha mente, eu e esse meu jeito incompetente de levar a vida sem você.

Teus risos... Cada um com suas miudezas, posso tocá-los sem vê-los e saber como está teu humor. Aprendi a te amar em braile e florir.

Resolvi hoje lhe dizer que te amo tanto e amo tanto... Já faz um bom tempo que me perdi nos teus olhos, nas tuas delicadezas e não tenho nenhuma intenção de me encontrar em nossas sutilezas.

Hoje resolvi não chorar a tua saudade, nem lamentar a maldade do tempo que teima em nos afastar.

Hoje resolvi me iluminar por dentro e sorri sem desalentos, preparar esse meu coração - agora tão teu - pra esperar a tua chegada.

Enfeitei com flores minha alma, com brilho meu olhar e com prazer a minha calma. Vesti a roupa mais bonita, aquela toda enfeitada, coloquei laços de fitas e te aguardo toda perfumada.



Hoje acordei desejando tocar tua pele, aquela textura tão minha, tocar teu céu...







Resolvi mais uma vez escrever, pros meus versos me aproximar de você,
quero meu coração coladinho ao teu... 
Pra sempre! 





Deus favorece os que amam e desfaz as geografias nos corações apaixonados.



Thatiana Vaz




Imagem: weheartit

domingo, 19 de junho de 2011

♥→ Sinfonia



Por muitos dias esperei algum sinal de fumaça e ele me chegou ontem. Corri para a janela e o avistei ao longe, quase imperceptível, porém para um coração ansioso e persistente quanto o meu ele veio translúcido e na hora certa. A hora de fazer um riso inundar minha alma. Incrédula de alegria, precisei olhar uma centena de vezes para confirmar se não era minha mente escalafobética que o desenhava rente as minhas retinas. Não importa o tamanho do teu gesto, a intensidade captada por meu coração pulsante o mostrou forte. Eu que gosto de rir e choro fácil, fiz os dois ao mesmo tempo ria e chorava de alegria.

Mas em fim ele veio, o que tanto eu desejava estava ali na minha frente. Senti que forças já abandonadas em meio ao caminho a mim retornavam e que raios de esperança, antes mais apagados, começavam a se refazer. Estava logo ali tudo o que eu precisava para me fortalecer e continuar esse caminho tortuoso muitas vezes , mas que valia a pena pelos momentos de uma felicidade estupidamente incontida que me faziam brotar das profundezas de uma solidão tão imersiva e voltar a vida. Tudo começava a ter sentido novamente e aos poucos, bem aos poucos os tons de cinzas se rendiam as cores cítricas e cintilantes.

Sonhei com você... Eu falava, vc não entendia, talvez porque as palavras me surgiam em meio a ebulição dos sentimentos me deixando atônita, louca... Eu gritava e você não me escutava então te fiz uma música, uma autentica sinfonia  com compassos de paixão, notas calcificadas de amor. Te escrevi nessa madrugada, te fiz versos impregnado de carinhos, em cada letra desenhada havia ali lapidado com todo zelo e cuidado um afago imenso, tão grande quanto a vida. 


Talvez esse teu sinal tenha sido uma resposta aos meus gritos, não interessa, só me importa que ele veio.


Em meio a um longo suspiro fechei os olhos e pensei: Obrigada  meu amor.




Thatiana Vaz

sábado, 18 de junho de 2011

♥→ Num silêncio um grito






Quero a leveza dos nossos sonhos, as gargalhadas aconchegadas entre nossos rios de risos e o brilho no olhar, furtados de mim naquela nossa despedida.

Meus pensamentos tem teu nome assim como ainda tenho toda fome do teu corpo sob o meu.

Modelo num silêncio um grito, que rasga meus tímpanos mas não ultrapassa minha garganta

Eu e esse meu jeito aflito, nas veias, no lugar de sangue tenho ansiedade transbordante

E nos olhos ainda trago esse amor determinante que faz a minha vida toda meio errante.

Tão tola e tão linda essa esperança que levo comigo a todos os lugares esperando sempre a tua volta, o dia da tua chegada...

Na minha alma carrego tuas marcas, aquelas marcas de quem já foi muito amada e que deseja mais uma vez me afogar em teus desejos...

De me lambuzar em teu suor e ver pupilas dilatando entres estrelas bem maior.

De ter consciência que o universo sabe que meu lugar é em você, que minha morada é na tua alma, que está em você toda a minha calma.

Desejo o instante da sua chegada eternizada em um beijo longo, profundo...

Que rompe o chão e finca raízes para que por alí mesmo se firme.

A dor que hoje rompe meu peito e me rasga a pele pelo avesso, da certeza de não mais conseguir florescer sem tuas águas em meu mar.

Domina meu espírito, esse medo tão grande de nunca mais poder lhe tocar

E nesse meu AGORA tão murcho vestido de todos os tons de cinzas existentes nesse mundo eu vou ficar

Derramando minhas lágrimas, regando esses ramos secos que um dia foi nosso amor.

Pra quem sabe na tua volta, uma árvore linda e frondosa aqui possa existir,

Porque de tudo o que mais desejo, de tudo o que mais anseio é que teus sorrisos em mim possam florir,

Só então vou voltar a ser novamente feliz.







Thatiana Vaz






"É preciso muito desespero descontentamento e desilusão para escrever alguns bons poemas." 
Bukowski






sexta-feira, 17 de junho de 2011

♥→ Não me canso


weheartit

E de tudo o que sinto o que mais se intensifica é esse amor apaixonado

Essa forma toda minha de  querer mais que a vida te ter sempre ao meu lado

De contar horas do dia

De contar as noites frias

De sonhar carinhos  ternos

De pensar que tudo sempre se desfaz em teu sorriso, aquele todo lindo, que me vira pelo avesso me fazendo delirar

Que é do teu abraço que preciso pra espantar essa monotonia, não importando a poesia, que cisma em me ligar

Ouço o som da tua risada nessas horas alienadas que me fazem enlouquecer

Só penso em qual dia vou ser abençoada e voltar a lhe rever

É que sinto  o toque da tua boca e sua voz toda rouca chamando o meu nome me inebriando sem cessar

Quero banhos só de beijos

Me enxugar em teus desejos

E me entregar nas tuas mãos

Porque meu corpo quando te encontra, de mim nem quer mais conta, passa a ter vida própria e  segue nova direção

E tudo o que escrevo, cada verso que tracejo, de um jeito ou de outro, nasceram pra ser teus.

Você é tudo o que preciso, tem esse cheiro de paraíso, arrepiando a minha pele e é em ti que quero morada.

Não importa em qual dia, não importa em qual hora, nem a tua demora, só saiba que vou estar aqui sempre a te esperar.

Porque meu amor por você é assim: é grande  e infinito, é todo belo e bem bonito, transborda em meu peito, espuma em meus olhos e não cansa de te desejar!

Thatiana Vaz

quarta-feira, 15 de junho de 2011

♥→ Só Hoje



Ouço Prelúdio de Bach e faço o que sei fazer de melhor, lamentar a tua ausência

Hoje chorei de madrugada, chorei pelas noites tão sonhadas, pela ausência inesperada, chorei por nossas miudezas, por toda a delicadeza que se desfaz

Hoje percebi que o melhor de mim está em ti, em toda a nossa história, contida em minha memória, com toda a sua revolta de me pegar pelos cabelos, apoiando bem de jeito teu peito ao meu peito.

Hoje desejo ter tua pele roçando ao meu corpo, sem nenhum desgosto, até brotar estrelas em nós dois

Hoje desejo aquela bagunça da minha vida na tua, aquele efeito da tua chegada, ouvir tua voz tão amada a procurar pela minha e o meu coração fala, ele grita, esperneia, implora teus olhares, os teus males, tua alma toda em mim.

Hoje te desejo em nosso leito me afagando com aconchego no ritmo da tua lua.

Hoje quero teus momentos de alegrias, de gargalhadas penduradas em carícias me trazendo de volta a nossa euforia, de palavras abraçadas em vontades, do teu inverno em meu verão

Hoje quero chegar insistente, transformando teu inferno em meu céu, nos tirando dessa agonia de pura solidão

Hoje meu coração chama teu nome e eu me calo enquanto o som rebate nas paredes, agora tão ocres e ocas, do meu quarto, ressoando pelo chão.

Gruda tua vida na minha vida, espaço, tempo, são meras prospecções.

Hoje eu tenho a certeza que meu coração só é feliz se tem o teu ao lado e essa é minha única convicção.

Amarra tua tristeza na minha felicidade e se deixe levar por nossa emoção.


Thatiana Vaz



terça-feira, 14 de junho de 2011

♥→ Com a linha do tempo...

                                                                                                        weheartit



Alguns sentimentos fazem comigo o que bem entendem, hoje fui possuída pela saudade e a saudade esmaga o peito, envolve de jeito e me joga ao chão.

Revivendo cada segundo ao teu lado , cada minuto saboreado, deixando em meu corpo esse desejo de intercurso infinito de paixão.

Relembrando cada momento que tua boca na minha nuca pousava trazendo estrelas ao meu encontro e sol as minhas tempestades.

Quero dias e noites intermináveis, carícias na alma, me jogar entre tua fúria e tua calma, com toda minha pressa, com toda a minha sede desajeitada e alinhada.

Quero, com essa linha chamada tempo, costurar sem nenhum tormento teus sonhos aos meus anseios, tuas mãos aos meus seios, tua razão ao meu coração.

Quero debruçar em teu colo, encaixando, bem de jeito, tua retina na minha retina até ver o reflexo do meu coração ofegante pulsar nas tuas pupilas

Hoje esfrego a vida pelo avesso, querendo achar um meio de ter o endereço de instantes de risos fáceis. Das emoções tiro a poeira, espantando essa  tristeza que cisma em me puxar pra baixo. Quero ficar bem as mãos da tua sedução a qualquer hora do dia sem ter medo dessa euforia que domina a minha alegria quando você chega perto, assim... Daquele jeito bem pertinho de mim.

Enquanto houver mundo sempre haverá uma chance pro nosso reencontro, 
unindo nossos pés em nossos passos por todos os caminhos, porque já faz um bom tempo que eu larguei o mundo pra segurar em tuas mãos. 


Thatiana Vaz

Baby, eu queria - Nando Reis

segunda-feira, 13 de junho de 2011

♥→ Minhas Marcas Roxas



O tempo nada significa diante da minha vontade de tê-lo ao meu lado mais uma vez, eu e esse desejo de morrer de paixão, de olhos brilhando e coração nas mãos.

Me chamem de boba, louca ou tola, porém nada importa mais pra mim do que ter esses sonhos do meu corpo depositados em teu abraço, entregues na tua boca,  em nossos passos, em nossos traços, tantas vezes raros, tanta vezes subseqüentes, tantas vezes malevolentes e tantas vezes resistentes.

Quero me afogar no teu sorriso, bem fundo, lá no fundo onde eu possa me perder e me encontrar inúmeras vezes em nossas madrugadas de sol. Porque você é possuidor do riso mais lindo, daquele riso contido e espalhado que me atormenta, que me acalenta, que me desnuda e me esquenta nos meus dias mais frios.

Porque você estimula minha dopamina, serotonina e endorfina, minhas neuras e minhas rimas, me fazendo ficar dentro e fora de mim.

Porque você fez da minha alma tua morada, do meu peito teu refúgio, da minha cama a tua estrada.

Porque sem você sou só meio, meio vida, meio morte, meio verso, meio sorte, meio rio, meio mar, me sinto perdida em algum lugar entre teus olhos e meu desespero.

O tempo está começando a deixar suas marcas em meu corpo, aquelas marcas roxas de saudades.



Thatiana Vaz



Bruna Caram - "Palavras do Coração"


♥→ Assim eu SOU!


weheartit

Sagitariana... Baiana...Intensa... Leal... Sincera... Ansiosa... Ciclotímica...
Tenho descompensações fatais. 
Reações exageradas... 
Gestos antecipando finais... 
Urgência em ser feliz! 
Por isso já me deitei com Drummond e acordei com Schopenhauer. 
Idealizei meus príncipes e os abandonei pra me embriagar com um desnorteado plebeu... 
A Pétala?  A Thati? Ela certamente poderia ser encontrada dentro de um quadro de Klimt, nos bares com um Bukowski, num filme do Almodòvar, numa música do Chico ou vendo o pôr do sol tomando cerveja!


Thatiana Vaz

❤♥→ Coisas da Flor



"Gosto das belas coisas claras e simples,
das grandes ternuras perfeitas,
das doces compreensões silenciosas,
gosto de tudo, enfim,
onde encontro um pouco de Beleza e de Verdade...
Porque há ainda no mundo, graças a Deus, almas-astros
onde eu gosto de me refletir,
almas de sinceridade e de pureza
sobre as quais adoro debruçar a minha."


(Florbela Espanca)


domingo, 12 de junho de 2011

❤♥→ Ele em MIM




Ele me traz sempre o melhor sorriso todas as vezes que o
encontro, me dá vontade de afundar no ninho do seu abraço e morar alí.
Sempre sopra um punhadinho de pozinho colorido nos meus olhos e me cega...
DE AMOR.
Ele gosta de se esquecer em mim e eu me esqueço de pensar em alguma
coisa além dele, ele está aqui e isso me basta.
Ele consegue "empequenar" as tristezas e durezas
do dia com uma maestria incomparável, decifra bilhões de coisas confusas dentro
de mim e me diz sempre que tudo vai ficar bem e no mesmo momento tudo fica
absurdamente doce. 
Ele é cheio de singulares, plurais... é ímpar. E como eu o adimiro...!!!
Ele ama no  infinito positivo do futuro eterno e faz com que me torne duplamente recíproca em tudotudotudo no sempresempresempre. 
Ele é o SOL que me ilumina por dentro, que aquece minha vida que me dá afetos nunca antes sentidos. 
Cada momento ao lado dele é mágico, cada sorriso que se desprende dos seus lábios e vem pousar nos meus me deixa nas nuvens.
Ele e seu beiço...
Ele e seu olhar...
Ele e suas delicadezas...
Ele que me faz ama-lo cada dia com mais intensidade e convicção...
Ele... meu homem, meu parceiro, meu amigo, meu cúmplice...
É ele o meu amor!

Thatiana Vaz


Pra lembrar, lembrar e lembrar e depois lembrar de novo de você!

sábado, 11 de junho de 2011

♥→ Falando em Saudade


Só eu sei o tamanho da minha Saudade!
Só eu sei o quanto dói em mim a tua ausência
Escrever foi uma forma que encontrei para que pudesse ler o que vai em meu coração
Queria ser do tamanho do meu silêncio com todos os seus becos estreitos e frios
Queria te dizer que tudo clareia em tua presença
Que tua falta me causa dor física
Que eu daria tudo pra ser aquela brisa que acaricia tua face quando dirige teu carro
Que a falta das hóstias dos teus beijos em meus lábios me deixam com a boca amarga
Que sinto falta do afago das tuas mãos
Dos teus sorrisos múltiplos
Do tom da tua voz
Do som da tua respiração acalmada e acelerada em meu ouvido
Queria dizer que sinto falta, que sinto muita falta, que jamais esqueço e nem quero, porque essa saudade de alguma forma me conforta e te traz pra mais perto de mim, pois ela me permite sonhar, e como já te disse antes... O sonho as vezes me dá o que a minha realidade me nega.




Thatiana Vaz







Quem sabe daí de onde você está possa me ler...




Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor

♥→ Que assim seja




Que o nosso amor seja um verso do Vinicius
Uma música do Chico
Um poema da Florbela
Que o nosso amor seja sentido pelo Caio
Deflorado por Drummond
Encantado por Cecília
Que nosso amor seja cantado por Bethania
Recitado pelo Neruda
Retratado por Klint
Que nosso amor seja vivenciado doce
Saboreado por mim
Degustado por você
Que nosso amor seja forte em toda a sua fragilidade
Que transcenda as barreiras de tempo e espaço
Que seja despertado em cada sorriso por nós doado
Que nosso amor seja eterno, infinito em nosso tempo tão contido e tão aberto
Que nosso amor sejam estrelas refletidas em um campo umedecendo os olhos de quem as entendam
Que nosso amor seja meus gritos e teu silêncio.

Que meu amor seja as minhas lágrimas em teu riso.
Que nosso amor seja eternizado, bem belo, tão belo quanto o que sinto e tento humildemente mostrar na singeleza desses meus versos
Que nosso amor seja delicado nas minúcias dos nossos toques, na pureza dos nossos suores, nas miudezas de nossos encontros que se fazem tão imensos cada vez que nos possuímos.
Que nosso amor seja simples e complexo, côncavo e convexo, junto e separado, atento e indolente, razão e emoção, sensibilidade com paixão, ousadia em sua terapia, corpo imerso na euforia,  alma entrelaçada a alma.
Que nosso amor seja  tonto, daquele jeito meio bobo, um tanto tolo sem pudores

Que sejamos nós, eu e você, você e eu... Em nosso tempo chamado sempre!

Thatiana Vaz









Maria Bethania - Onde Estara O Meu Amor

sexta-feira, 10 de junho de 2011

♥→ Está em você




Está em você um sentido de alegria que nasce em meu peito e explode na minha boca, criando risos frouxos, soltos e imensos, que caem de mim por onde quer que eu passe. Independe se o dia estiver nublado ou não, você simplesmente chega com a imposição e petulância de um SOL e ilumina minha vida, meu caminho... Me aquece e me dá um sossego  bom, daqueles de rede,  de balançando ao vento com cheiro de terra molhada.

Está em você minha inspiração, minhas melhores palavras, tantas vezes caladas, tantas vezes rasgadas, muitas vezes molhadas por lágrimas que sempre acompanham os sentimentos nobres e intensos.

Porque viver com você tem sido assim juntos e distantes. Displicentemente entrelaçados num momento único que se chama vida. Nem sempre perto, nem sempre longe, porém sempre coesos dentro de um espaço chamado infinito, dentro de um amor prisma que divaga, filosofa e nutre meus rios com suas águas,  algumas vezes calmas, algumas vezes agrestes. 


Está em você um sentido único de um amor que renasce todos os dias, de uma paixão ousada que rompe limites entre tempo e espaço, entre lógica e emoção, entre meus  versos e metaversos, entre coração e coração.

E na minha boca o gosto da saudade enquanto mastigo estrelas entre borboletas que logo vão parar na minha barriga para esperar a sua volta.

Thatiana Vaz





Apocalyptica - Nothing Else Matters

quinta-feira, 9 de junho de 2011

♥→ A te esperar






Desde o momento que me deparei com teu recado fiquei sem saber o que te dizer, por mais que existisse a possibilidade dele nos deixar eu tinha tanta fé que esse quadro se revertesse, que a vida imperasse diante da morte. 



Queria muito poder estar ao teu lado, te deitar em meu colo e comungar do teu silêncio, queria enxugar tuas lágrimas com meus beijos e te encher de carinhos e meiguices, velar teu sono por toda a madrugada e observá-lo adormecido... Sentir o ritmo da sua respiração e entonar uma oração de bem querer. 


Sei que nada jamais substituirá a ausência dele, menino anjo, mas desejo tanto poder estar juntinho de você, pegar um tanto dessa dor que está em teu coração e por no meu, senti-la, dividir todo esse turbilhão de sentimentos que invadem a tua alma, cantar baixinho até você se acalmar.


Queria mesmo fazer mais, muito mais, mas não posso, essa geografia nos atrapalha, então só me resta deixar meu coração coladinho ao teu e carregá-lo no colo quando for preciso. 


Eu vou estar sempre aqui te esperando e torcendo que de alguma forma essa dor se amenize, que o tempo possa levá-la e deixar no lugar as coisas boas, as lembranças doces. 


Te amo muito amor, te amo muito... Te amo de uma forma jamais imaginada pelos desprovidos de sonhos.


Saiba que todas as minhas horas te contém, que meus pensamentos são teus... Sempre.


Não importa a hora, o dia, o mês... Vou estar constantemente aqui, de braços abertos e sorrisos nos lábios, incessantemente aqui, olhos brilhando e com aquela vontade doida e doída de te abraçar.


Vou estar sempre aqui a esperar.







Thatiana Vaz




Titas - Porque Eu Sei que e Amor

♥→ Sonhar e sonhar...


weheartit


Nossas expectativas se renovam dia após dia, nos entristecemos, nascemos, morremos, pessoas vem, pessoas vão, encontramos a quem amar, perdemos quem amamos... 
Ficamos felizes, sentimos mágoas, medo e dor, alegrias, euforias e desejos...
Vem um dia depois do outro com uma noite no meio, as horas passam, o tempo passa, amadurecemos, nos refazemos, nos reinventamos, renascemos e sempre sonhamos... 
Taí a maravilha  de ser humano, de ver humano, de ser gente, de estar com gente, de erguer nossos olhos e sempre ter esperança, cultivar aquele punhadinho de fé dentro de nós mesmos e saí por aí espalhando pelo mundo. 
Sonhar e sonhar e sonhar e depois de tudo sonhar de novo, cultivar sempre a vontade de um tempo bom que há por vir, derramar em nossas vidas segredos doces, magia na sinceridade, verdade em olhares, luz frente a problemas, delicadezas de palavras doces com singelezas de carinhos, ter nos olhos a certeza que sempre existirá afetos ritimados mesclados em saudade leve.
E os que foram? São nossos anjos, vivendo eternamente em nossos corações. 


Thatiana Vaz




quarta-feira, 8 de junho de 2011

♥→ Daqui de longe


É que fico aqui ao longe, pensando em nossas noites, em nossos risos tão constantes, em nossos medos, em nossas dores. 


É que fico aqui de longe lembrando dos teus beijos, dos afagos e desejos, dos teus olhos e tracejos , desse teu humor, do teu jeito tão sedutor


É que daqui de longe você me parece tão perto, tão de perto, tão belo, retina com retina, tão meu, o que tanto quero e quase posso te tocar.


Porque vem lá de longe uma vontade danada, daquelas bem retadas, totalmente abusadas, de tocar na tua alma, na tua carne, de ler em tuas palavras tantas vezes  ousadas e por mim defloradas em teus versos de amor. 


De ouvir na tua voz acalmada, nem que seja de longe, bem de longe, nem que seja bem ao longe, por breves instantes, por um momento emfim, um daqueles nossos segundos que se tornam eternidade, que se fazem tão imensos dentro de mim.




Thatiana Vaz

♥→ Che Guevara




Não quero nunca renunciar à liberdade deliciosa de me enganar.


(Che Guevara)

terça-feira, 7 de junho de 2011

♥→ Das Miudezas




Acontece assim... você me sorrir e tudo volta a ter cor, não dá para trocar teu sorriso por outro, é dele que emana toda energia que me faz renascer quando viro cinzas, é nele que está o SOL quando meu coração se recolhe para seus cantos mais sombrios... Então você aparece, espalha seus sorrisos e tudo simplesmente se ilumina. Detalhes simples, tão teus, podem mudar o meu dia, tão nossos. Um minuto ao seu lado, faz uma vida toda retomar o sentido, redescobri seu caminho, seguir na direção certa.

E eu vou te amando a qualquer distância, de qualquer tempo, em qualquer momento, de qualquer maneira, em qualquer espaço, de todas as formas.

Não posso exigir que todos meus dias sejam de alegrias, mas posso ter a certeza que de alegrias serão todos os meus dias ao teu lado

As bocas cheias de beijos

Os olhos cheios de vontades

As mãos carregadas de carinhos

As cabeças inundadas de idéias

Os corações transbordando de ternuras

Com palavras envoltas em delicadezas.

Miudezas que somente quem ama consegue enxergar. 




Thatiana Vaz



domingo, 5 de junho de 2011

♥→ Delicadezas...




Porque viver tem sido doce... a leveza dos momentos em que nossas mãos se unem  é furta cor... cada palavra dita, cada olhar, cada toque inspira a música  que brota  nas pequenas sementes de vontade,  de querer mais, sempre mais... muito mais.
Porque viver  tem sido assim.... sutileza de instantes,  horas contadas minuto a minuto pro encontro desejado, paz que acalma, volúpia  imensurável, saudade  que faz cócegas.
Porque estar com ele me renova, me inova, me faz rir feito boba, alegra meus dias, esquenta minhas noites...
Porque viver com ele tem sido assim... gotinhas de delícias... recheios de afeto, pedaços de ternuras e bocados  de amor.
Porque com ele estou assim... a escrevinhar  delicadezas feito menina tola louca cheia de delírios e utopias a vagar nas palavras sem nenhuma melancolia, tocando-as  sutilmente, feito bolas de sabão ou notas musicais levadas pela brisa espalhadas por entre as flores.
Porque com ele me sinto vento... sem nenhum tormento, em meio a pura magia!

Pétala ao Vento!!


Lembranças mescladas de saudades de um tempo bom...


Thatiana Vaz