terça-feira, 14 de junho de 2011

♥→ Com a linha do tempo...

                                                                                                        weheartit



Alguns sentimentos fazem comigo o que bem entendem, hoje fui possuída pela saudade e a saudade esmaga o peito, envolve de jeito e me joga ao chão.

Revivendo cada segundo ao teu lado , cada minuto saboreado, deixando em meu corpo esse desejo de intercurso infinito de paixão.

Relembrando cada momento que tua boca na minha nuca pousava trazendo estrelas ao meu encontro e sol as minhas tempestades.

Quero dias e noites intermináveis, carícias na alma, me jogar entre tua fúria e tua calma, com toda minha pressa, com toda a minha sede desajeitada e alinhada.

Quero, com essa linha chamada tempo, costurar sem nenhum tormento teus sonhos aos meus anseios, tuas mãos aos meus seios, tua razão ao meu coração.

Quero debruçar em teu colo, encaixando, bem de jeito, tua retina na minha retina até ver o reflexo do meu coração ofegante pulsar nas tuas pupilas

Hoje esfrego a vida pelo avesso, querendo achar um meio de ter o endereço de instantes de risos fáceis. Das emoções tiro a poeira, espantando essa  tristeza que cisma em me puxar pra baixo. Quero ficar bem as mãos da tua sedução a qualquer hora do dia sem ter medo dessa euforia que domina a minha alegria quando você chega perto, assim... Daquele jeito bem pertinho de mim.

Enquanto houver mundo sempre haverá uma chance pro nosso reencontro, 
unindo nossos pés em nossos passos por todos os caminhos, porque já faz um bom tempo que eu larguei o mundo pra segurar em tuas mãos. 


Thatiana Vaz

Baby, eu queria - Nando Reis

5 comentários:

@Francisquices disse...

Faz tempo que leio e releio o seu texto, ele é tão pessoal... Agoniante. Eu fico pensando em mim mesmo, no querer a outra pessoas pertinho aqui comigo, sentindo a respiração dela, fica ao lado, sentir no colo, da as mãos. Não podemos deixar que a saudade nos deixe triste, porque o que sentimos não não é pra ter tristeza.

A certeza é que a gente se torna pessoas melhores, sabe. Não sei se é o seu caso, mas eu pensei em mim na saudade.

Brasigrega disse...

"Hoje esfrego a vida pelo avesso, querendo achar um meio de ter o endereço de instantes de risos fáceis..."
Muito bom!!!

Edson Bueno de Camargo disse...

Visitando a convite, rsrs

Belo blog, tectos com densidade, nada raso ou superficial, necessário tempo e cuidado, e várias elituras,

Muito bom.

Carina B. disse...

Lindo teu blog, Thati!

Voltarei mais vezes com certeza.
:)

Beijos!

Carina (@destempero)

Nayara Lima * disse...

adorei o texto. belíssimas palavras! :D