quinta-feira, 30 de junho de 2011

♥→ Ardendo por dentro...





Ando em êxtase

Paixão transbordando nos olhos

Inebriante

Minha pele clama a tua

Pronuncie meu nome... Baixinho

De leve ao pé do ouvido

Arrepios

Corpo em chamas

Coração implora

Segredos...

Tua retina na minha

Malina

Atiça

Perturba

Memórias em vontades

Fogo consome

Me entrego

Em desejos

Embriagada

Coração pulsando 

Por ti...

Entorpeço

Com a tua poesia toda em mim.





Thatiana Vaz

Um comentário:

Lonne disse...

Caramba!!!!!!

minha pela clama com certeza

Vem cá DESGRAÇADO que a coisa tá feia *o* kkkkkkkkkkkkk

Adorei!!!
Bjs!